29.9.10

Ando devagar porque já tive pressa...

Decidi não fazer nada poético dessa vez...tudo isso por uma necessidade de organizar as ideias e a pretensão de que isso possa importar aos amigos que lêem este blogue... E começo pela frase aí em cima...que eu acho que seja do Renato Teixeira... que penso que demonstra muito bem o meu estado de espírito atual... ando hoje muito mais devagar do que andei alguns anos atrás... anos bons, inclusive... Aquela época boa de faculdade, de acordar cedo pra fazer estágio, trabalhar, estudar e ainda ter um gás pra reuniões com um monte de universitário barbudo socialista...chegar em casa e ver tv até mais tarde e no outro dia começar outra vez a mesma correria... Me parece que esse período encantava e não cansava por ser uma época de descobertas (tantas!): etílicas, sexuais, políticas, sociais, culturais e tantos outros..."ais" que cabem a essa idade...

Não sou feliz mas não sou mudo...

E me sinto hoje assim, não muito feliz como era naquela época... não que eu seja triste...mas aquela alegria boba parece que sumiu... e por ela eu procuro... Não se trata de um passado perdido...mas de um caminho pra frente que não enxergo... não é a incerteza do futuro (isso até que é bom), mas a falta de motivação pra buscar esse futuro impossível...

SONHAR MAIS UM SONHO IMPOSSÍVEL

É isso que eu quero... sonhar mais um sonho impossível, lutar quando é fácil desistir...quero agora retomar a vontade da luta... o espírito de doação...não quero mais a mesquinharia de pensar egoísta no salário miúdo no fim do mês, na condução lotada no fim de tarde... quero a luta outra vez...pra quê? por quê?

2 comentários:

Re-nata disse...

....pois é!

Alicezinha Costa disse...

Essas coisas acontecem no decorrer de nossa vida realmente!
Vamos perdendo o sentido das coisas e não por causa da idade ou por causa de um tempo que ficou prara trás mas por que deixamos de SONHAR!
Sonhar é preciso e disso eu bem sei com certeza. ;D